Francisco Magno foi encontrado enforcada em uma cela da PAMC. Imagem: Roraima 1

O preso que foi encontrado morto na madrugada desta terça-feira (20), em uma cela da Penitenciária Agrícola de Monte Cristo (PAMC) havia falado com exclusividade ao portal Roraima 1, na ocasião de sua prisão, na última sexta-feira (16), na sede do 5° DP.

Na ocasião, Francisco Magno Ferreira de Sousa, de 33 anos, negou a autoria do crime. Ele disse, em entrevista ao Roraima 1, que tinha costume de capinar a casa e que não tinha tentado furtar a casa da vítima, mas sim, outra pessoa conhecida dele.

Segundo informações da Sejuc (Secretaria Estadual de Justiça e Cidadania), Francisco foi encontrado enforcado  na Ala 12, por volta das 6h da manhã. O IML (Instituto Médico Legal) removeu o corpo para autópsia e posterior elaboração de laudo cadavérico, que vai identificar a causa e o modo da morte.

Ainda conforme a Sejuc, foi registrado um Boletim de Ocorrência e, a partir de agora, a Polícia Civil passa a investigar as circunstâncias do fato, a fim de elucidar o caso e tomar as providências cabíveis, conforme a legislação vigente.

 

Foto do corpo já removido da Cela. Imagem exclusiva: Roraima 1

Entenda o caso:

A Polícia Militar prendeu em flagrante na tarde desta sexta-feira (16) um homem que tentava furtar uma residência no bairro União, zona oeste de Boa Vista. Segundo a PM, o pedreiro Francisco Magno dos Santos, 33, e um comparsa usaram uma marreta para quebrar a parede da casa e entrar. A dona percebeu a movimentação e chamou a polícia.

Francisco foi levado para o 5º Distrito Policial, o comparsa conseguiu fugir. Segundo a dona da casa, o pedreiro já havia prestado serviço de capina na residência. A mulher contou à polícia que guardava R$ 1.500 reais em casa.

Confira o vídeo da prisão de Francisco Magno:

RORAIMA 1 | Homem é preso depois de furtar casa no bairro União #anoticianapalmadamao

Publicado por Roraima 1 em Sexta, 16 de novembro de 2018

 

 

Comentários no Facebook