Foto: Arquivo

O Ministério Público de Roraima (MPRR) abriu investigação contra a prefeitura de Boa Vista por falta de fiscalização em áreas de preservação permanente. A instauração do procedimento preparatório foi publicada no Diário da Justiça Eletrônico desta terça-feira (14).

A investigação vai apurar ausência de responsabilidade ambiental sobre ilícitos evidenciados em áreas de preservação permanente. Os casos teriam sido constatados pela Secretaria Municipal de Serviços Públicos e Meio Ambiente. Não consta na publicação de hoje quais irregularidades foram verificadas.

O procedimento de investigação é conduzido pelo promotor Zedequias de Oliveira Júnior, da Promotoria de Justiça de Defesa do Meio Ambiente.

A Prefeitura de Boa Vista não se pronunciou sobre a investigação.

Comentários no Facebook