Foto: PMBV

O Roraima 1 teve acesso exclusivo à Ordem de Serviço da Prefeitura de Boa Vista, pedindo que a antiga empresa que prestava o serviço de hemodiálise para pacientes internados no Hospital Infantil Santo Antônio, continue executando o trabalho já feito.

No documento, a gestão do executivo municipal diz que o contrato entre o município e a empresa que venceu a última licitação para prestar o serviço “aponta a necessidade de instalação  dos equipamentos antes da inicialização dos serviços, desse modo, solicitamos [a Prefeitura] que essa empresa [a antiga] proceda com a instalação dos equipamentos”, o que aponta a clara desistência do contrato anterior.

Em abril, com exclusividade, o Roraima 1 fez o levantamento das falhas contratuais e mostrou, em detalhes, os indícios de irregularidade no processo licitatório. O caso é investigado pelo Ministério Público de Roraima.

Apesar das tentativas, a Prefeitura não quis comentar o assunto.

Comentários no Facebook