Sede social da Codesaima fica na avenida Ville Roy, bairro Aparecida. Foto: Ascom Emhur

Uma denúncia protocolada, na tarde de sexta-feira (12), no Ministério Público do Trabalho (MPT) alega que a nomeação do atual presidente da Companhia de Desenvolvimento de Roraima (Codesaima) ‘fere o princípio da moralidade e do conflito de interesse econômico’.

O documento cita que Anastase Vaptistis Papoortzis é filho do proprietário da empresa Esparta Empreendimentos e Exploração LTDA, que atua no estado com extração de areia, cascalho e pedregulho. O atual diretor presidente foi nomeado no governo de Antonio Denarium (PSL) em fevereiro desse ano.

A denúncia pede providências, uma vez que a Codesaima é responsável por concessão de mineração, exploração e pesquisa, isenta de interesses individuais.

A reportagem do Roraima 1 solicitou posicionamento do MPT, referente as providências com a denúncia, e ao governo de Roraima, mas ainda não obteve respostas.

Comentários no Facebook