Assinatura da ordem de serviço ocorreu na manhã deste sábado (10) e reuniu moradores e autoridades. Foto: Prefeitura de Mucajaí.

A prefeita de Mucajaí, Eronildes Gonçalves, conhecida como Nega (PR), assinou neste sábado (10) a ordem de serviço para retomada das obras da universidade do município. A previsão é que o prédio seja entregue em fevereiro de 2020 e deve custa mais de R$ 1,2 milhões. 

O recurso foi garantido por meio de emenda parlamentar do deputado federal, Edio Lopes(PL), com apoio da prefeitura do município e da Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam) .

De acordo com o superintendente da Sudam, Paulo Roberto Correia, a licitação para retomada das obras foi homologada nessa sexta (9) e a previsão é que dentro de duas semanas os recursos sejam liberados na conta da prefeitura para que as obras tenham início. 

O prédio que começou a ser construído há oito anos, na gestão do então prefeito Gordo Lopes, fica localizado no Centro da cidade e terá capacidade para atender 800 alunos. Após a conclusão das obras, Mucajaí deve se tornar o 119º município no Brasil que ter uma Universidade Municipal. 

Além do parlamentar e do superintendente da Sudam, a solenidade contou com a presença dos moradores de Mucajaí, vereadores, secretários municipais e prefeitos dos demais municípios de Roraima.

Comentários no Facebook