Ônibus quebrou na estrada. Foto: arquivo pessoa/ Dernival de Souza Gomes

Um morador da comunidade indígena Jacamim, na região Serra da Lua, no município do Bonfim, procurou o Roraima 1 neste sábado (7), para reclamar das más condições da estrada que liga a comunidade a RR-207. Segundo ele, a via está cheia de buracos e constantemente causa danos aos veículos. O problema dura há quase 30 anos.

À reportagem, o professor Dernival de Souza Gomes, disse o trajeto de ônibus da comunidade até Boa Vista leva em media 7 horas por conta da precariedade da estrada, quando deveria levar apenas 3h. “O motorista tem que pegar outro acesso, fora da estrada principal”, declarou.

Em nota, o governo informou que já está em fase de abertura de edital para contratação de empresa que fará serviços de manutenção, incluindo implantação de arte corrente e substituição de pontes de madeira por galerias, nas estradas vicinais dos municípios do Bonfim e do Cantá. 

Gomes afirmou ainda que a última reforma na estrada foi feita em 2005 durante o mandato do ex-governador Ottomar de Souza Pinto, morto em 2007, e desde então nada foi feito pelo executivo estadual, nem pela prefeitura do município.

As lideranças indígenas já enviaram documentos ao governo por três vezes solicitando a reforma da estrada, mas nada foi feito até o momento. Sabemos que o dinheiro vem para isso, mas nem projeto a gente vê”, disse.

O professor declarou também que por diversas vezes o ônibus atola e passageiros são obrigados a passarem a noite na estrada e aguardar até o outro dia, para retirar o veículo e a garante o recapeamento da estrada com piçarra já era o suficiente para a melhoria da via de acesso à capital.

Foto: arquivo pessoa/ Dernival de Souza Gomes

Comentários no Facebook