Foto: reprodução

A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) estima que a oferta de vagas temporárias para o Natal de 2019 será a maior em seis anos. O Natal é a principal data comemorativa do varejo e deve movimentar R$ 35,9 bilhões em todo a país.

Em Roraima, devem ser criadas aproximadamente 150 vagas para o Natal, o que representa um crescimento de 19% na comparação com o mesmo período do ano passado. Segundo o economista da Fecomércio/RR, Fábio Martinez, “o Natal deste ano deverá movimentar R$ 56,7 milhões no Estado, crescendo 5,6% em relação a 2018. O cenário econômico mais favorável deste ano, com aumento no número de empregos formais e redução do endividamento das famílias são os principais fatores para este crescimento em 2019”, destaca o economista. 

De acordo com o estudo da CNC, os maiores volumes de contratações deverão ocorrer nos ramos de vestuário, acessórios e calçados, que são historicamente, os mais afetados positivamente pelas vendas natalinas, e em seguida os hiper e supermercados.

Profissões
 

Neste ano, o levantamento realizado pela CNC traz também um recorte de profissões, que mostra que oito em cada dez vagas ofertadas deverão ser preenchidas por vendedores, operadores de caixa e pessoal de almoxarifado.

A taxa de efetivação dos trabalhadores temporários deverá ser maior do que nos últimos cinco anos, com expectativa de absorção definitiva de 26,1%. 

Comentários no Facebook