Foto: Eduardo Andrade

Cinco deputados compõem a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Energia Elétrica, da Assembleia Legislativa de Roraima. A instalação ocorreu nesta terça-feira (22), após deliberação da Mesa Diretora da Casa. A CPI investigará a situação do fornecimento de energia elétrica pela Roraima Energia aos moradores da Capital e do Interior.

Na primeira reunião do grupo, a deputada Betânia Almeida (PV) foi eleita a presidente da CPI, Gabriel Picanço (Republicanos) vice-presidente e Lenir Rodrigues (Cidadania) relatora. Éder Lourinho (PTC) e Evangelista Siqueira (PT) compõem o grupo como membros.

O presidente da Assembleia Legislativa, Jalser Renier (SD), reforçou que a CPI foi criada diante da necessidade de investigar o fornecimento de energia aos consumidores de Roraima. “Nós temos uma empresa privada que se instalou em Roraima, essa empresa até agora só aumentou os custos da energia elétrica e a população está penando com isso”. Ele afirmou que por isso a necessidade em entender os motivos para justificar os aumentos.

Na quarta-feira (23), conforme anunciado pela presidente da CPI, haverá reunião para definição dos próximos passos a serem tomados. “O intuito desta CPI não é tratar fatos velhos, é tratar fatos novos, onde a gente vai trabalhar. Uma das minhas sugestões será a investigação de 10 meses para cá”, destacou Betânia Almeida.

Comentários no Facebook