Homem estava internado no HGR desde o dia 20 de julho - Foto: Divulgação/Ascom/Sesau

Um homem de 60 anos foi o primeiro paciente infectado pela covid-19, doença provocada pelo coronavírus, a morrer no Hospital Geral de Roraima (HGR). Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) desde sábado (28), após passar mal em casa e ter sido levado para a unidade médica. Edil Castro Miranda era motorista do Distrito de Saúde Especial Indígena (Dsei) Leste.

A Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) confirmou a morte por meio de nota. O paciente tinha comorbidades associadas, como diabetes e hipertensão. Ele estava sendo tratado com os medicamentos cloroquina e azitromicina, mas não houve resposta positiva.

“É importante esclarecer que de acordo com a NOTA TÉCNICA Nº 05/2020/COE- RR/COVID 19, o velório e funeral de pacientes confirmados/suspeitos da covid-19 não são recomendados devido à aglomeração de pessoas em ambientes fechados. Nesse caso, o risco de transmissão também está associado ao contato entre familiares e amigos”, destaca a secretaria.

Ainda conforme a nota técnica, o velório deve ter prazo máximo de uma hora, em ambiente aberto no cemitério, e cada cerimônia pode ter até dez pessoas, sendo permitido revezamento entre familiares e amigos, que deverão estar paramentados com equipamentos de proteção individual (EPIs).

De acordo com dados da Sesau, até essa quinta-feira (2), havia pelo menos 30 casos confirmados de coronavírus em Roraima, sendo 24 em Boa Vista. Os suspeitos somavam 15, todos na capital.

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here