Documentário aborda realidade socioambiental da serra do Tepequém

“Paraíso Ameaçado” foi produzido com participação de moradores da região

424

Um local que tem o garimpo como alicerce, o turismo como salvação, e a especulação imobiliária como ameaça. É assim que o documentário “Paraíso Ameaçado”, da TV Assembleia – canal 57.3, retrata o principal destino turístico de roraima: a vila do Tepequém, no município de Amajari.

A produção do material durou aproximadamente três semanas, feita por uma equipe composta por sete profissionais. O jornalista Johann Barbosa contou que a proposta é mostrar a realidade atual daquela região, com foco na especulação imobiliária.“É uma forma de a população tomar conhecimento dessa especulação, do que está sendo feito, pois muitos acham que vão ter a oportunidade de possuir um lote, um espaço em Tepequém. As pessoas podem fazer investimentos sem ter nenhuma segurança, pois como não tem registros da terra, tem esse perigo”, explicou.

O documentário também aborda os impactos que a natureza sofre com a presença do garimpo no local.  “Nós mostramos as belezas naturais presentes em Tepequém, mas também precisamos falar sobre o risco que a natureza está correndo, trazemos para o telespectador o início do garimpo no local, e as marcas que até hoje estão presentes, assim como os próprios garimpeiros”, disse Johann.

Para o jornalista, durante a produção do documentário, a equipe pôde conhecer a região de uma forma diferente. “Além das cachoeiras e demais belezas do local, pudemos ver que o local tem um grande problema a ser enfrentado e que isso pode trazer prejuízos ao meio ambiente”, finalizou.

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here