Dívida com cartão de crédito ainda lidera nas famílias roraimenses. Foto: Agencia Brasil.

O percentual de famílias endividadas aumentou pelo sexto mês consecutivo em Roraima, de acordo com a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Roraima (Fecomércio-RR), em pesquisa divulgada nesta quinta-feira (18). De acordo com a pesquisa, 79,4% das famílias roraimenses tinham algum tipo de dívida. O valor é o maior desde abril de 2018.

Em janeiro, o endividamento subiu 0,4% em relação a dezembro. A taxa faz parte da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).Em relação a janeiro de 2020, o aumento foi de 29,5%.

Os cartões de crédito (57,4%) e os carnês (38,5%) continuam sendo os principais tipo de dívida entre as famílias roraimenses, além destes, destaca-se também o crédito consignado (16,5%).

Houve uma redução das famílias que possuem financiamento de casa, contudo, ainda permanecendo bem acima da média histórica para esse tipo de financiamento, que é de 3,4%. As dívidas comprometem em torno de 29,5% da renda das famílias roraimenses e se estendem, em média, por 6,8 meses.

O percentual de famílias com contas em atraso apresentou uma redução em janeiro, ficando em 34,4%. Também houve uma queda no número famílias sem condições de pagar as dívidas, ficando em 8,5%, sendo a quarta queda seguida.

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here