Foto: Google Street View

O IBGE lançou nesta quinta-feira (18), um processo seletivo com 569 vagas temporárias para Roraima. As vagas para o Censo Demográfico 2021, estão distribuídas da seguinte forma: 501 para recenseador (escolaridade: nível fundamental) e 68 para agentes censitários municipal e supervisor (escolaridade: nível médio). Confira as vagas por município:

  • Alto Alegre: 20 recenseadores, 1 agente censitário municipal e 3 agentes censitários supervisores
  • Amajari: 15 recenseadores, 1 agente censitário municipal e 3 agentes censitários supervisores
  • Boa Vista: 304 recenseadores. 5 agentes censitários municipais e 22 agentes censitários supervisores
  • Bonfim 12 recenseadores,  1 agente censitário municipal e 1 agente censitário supervisor
  • Cantá: 16 recenseadores, 1 agente censitário municipal e 2 agentes censitários supervisores
  • Caracaraí: 21 recenseadores, , 1 agente censitário municipal e 3 agentes censitários supervisores
  • Caroebe: 10 recenseadores, 1 agente censitário municipal e 1 agente censitário supervisor
  • Iracema: 13 recenseadores, 1 agente censitário municipal e 2 agentes censitários supervisores
  • Mucajaí: 16 recenseadores, 1 agente censitário municipal e 3 agentes censitários supervisores
  • Normandia: 11 recenseadores, 1 agente censitário municipal e 1 agente censitário supervisor
  • Pacaraima: 13 recenseadores, 1 agente censitário municipal e 1 agente censitário supervisor
  • Rorainópolis: 24 recenseadores, 1 agente censitário municipal e 3 agentes censitários supervisores
  • São João da Baliza: 8 recenseadores, 1 agente censitário municipal e 1 agente censitário supervisor
  • São Luiz: 8 recenseadores, 1 agente censitário municipal e 1 agente censitário supervisor
  • Uiramutã: 10 recenseadores, 1 agente censitário municipal e 2 agentes censitários supervisores

Os recenseadores são os profissionais que irão visitar todas as residências do país, entrevistando seus moradores. Eles serão remunerados por produtividade, de acordo com o número de domicílios visitados.

O ideal é que os recenseadores aprovados no processo seletivo sejam moradores das próprias localidades onde irão trabalhar, para economia de custos com deslocamentos e maior produtividade nas visitas domiciliares. Essas áreas podem abranger bairros, favelas, localidades de difícil acesso, aldeias indígenas ou comunidades quilombolas, por exemplo.

Em razão da pandemia, há possibilidade ainda de algumas entrevistas serem realizadas por telefone. O site do IBGE vai disponibilizar um simulador para os candidatos verificarem a remuneração a ser obtida, com base nos valores pagos por setor censitário nas diferentes localidades do país.

Já os agentes censitários municipal e supervisor irão ganhar, respectivamente, R$ 2,1 mil e R$ 1,7 mil, com jornada de trabalho de 40 horas por semana, sendo 8 horas diárias. Os melhores colocados em cada município ocuparão a vaga de agente censitário municipal, que será o responsável pela coordenação da coleta do Censo 2021 naquela cidade. Os demais agentes censitários irão supervisionar as equipes de recenseadores.

INSCRIÇÕES

As inscrições para o cargo de agente censitário começam amanhã e seguem abertas até o dia 15 de março. Já as inscrições para recenseador serão realizadas entre os dias 23 de fevereiro e 19 de março. Os interessados devem se inscrever por meio do site da organizadora do concurso

A taxa de inscrição é de R$ 39,49 para os agentes censitários e de R$ 25,77, para os recenseadores. Os valores podem ser pagos em qualquer banco, casa lotérica ou pela internet.

As provas serão aplicadas, simultaneamente, em todos os municípios onde houver vagas. Para os agentes censitários, os exames serão realizados no dia 18 de abril. Já para os recenseadores, a aplicação das provas será no dia 25 de abril.

Como as provas serão realizadas em dias diferentes, vale salientar que o candidato pode se inscrever para os dois cargos. O resultado final está previsto para ser anunciado no dia 27 de maio.

As vagas são temporárias e os contratos terão duração prevista de três meses, podendo ser renovados de acordo com as necessidades do IBGE e a disponibilidade orçamentária. Os profissionais contratados temporariamente pelo IBGE também terão direito a férias e 13º salários proporcionais, de acordo com a legislação em vigor.

PROTOCOLOS

No dia da prova, os candidatos deverão estar munidos de caneta esferográfica cor preta e de material transparente, comprovante de inscrição e documento original com foto.

Protocolos de sanitários contra a Covid-19 serão divulgados detalhadamente em edital específico sobre os locais de prova, exigindo o uso obrigatório de máscaras, o distanciamento seguro entre candidatos e aplicadores de prova, disponibilização de álcool em gel em todos os locais de prova, medidas para evitar aglomerações e respeito às legislações locais.

O candidato que descumprir as medidas de proteção será eliminado do processo seletivo e terá sua prova anulada.

TREINAMENTO

Além da prova, os recenseadores receberão treinamento presencial e à distância, de caráter eliminatório e classificatório, com duração de cinco dias e carga horária de oito horas diárias. Para a parte presencial, também serão adotados protocolos sanitários contra a Covid-19.

Os candidatos que tiverem no mínimo 80% de frequência no treinamento farão jus a uma ajuda de custo. As contratações ocorrerão logo em seguida. O trabalho de campo do Censo 2021 começa em agosto.

1 comentário

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here