Foto: Ascom MPF/RR

O Ministério Público Federal (MPF) pediu esclarecimento ao governador Antonio Denarium e aos demais 26 chefes dos Executivos estaduais sobre o ritmo de vacinação em suas regiões.

O documento é assinado pelo procurador-geral da República, Augusto Aras, e pela subprocuradora-geral da República Célia Regina Souza Delgado, coordenadora do Giac. Denarium terá 10 dias para responder a demanda da instituição.

Segundo, o MPF, um levantamento do Gabinete Integrado de Acompanhamento da Epidemia de Covid-19 (Giac), setor ligado à instituição, informou que já foram distribuídas aos estados 48.088.916 doses de vacinas contra o coronavírus, porém, apenas 32.160.509 destas foram aplicadas. Os ofícios detalham também o total de doses enviadas e aplicadas em cada estado, destacando a diferença nos números.

De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde (Sesau), das 154.460 doses recebidas pelo estado, 88.220 foram aplicadas – cerca de 57% total enviado pelo Ministério da Saúde.

GOVERNO

Em nota, a Secretaria de Saúde informou que segue o Plano Nacional de Imunização, do Ministério da Saúde. “O Governo de Roraima é responsável pelo recebimento das doses da vacina via Ministério da Saúde e imediatamente efetua a distribuição aos 15 municípios do Estado, os quais são responsáveis pela aplicação dessas vacinas, não cabendo ao Governo a função. Até esta sexta-feira, 16, Roraima recebeu 154.460 vacinas e já distribuiu 130.741 doses, mais de 85% de distribuição do total recebido pelo Ministério da Saúde. Ressalta ainda que tem mantido o trabalho de capacitações necessárias para o esclarecimento das dúvidas sobre o monitoramento de coberturas vacinais”, conclui.

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here