Salas alagam quando chove. Foto: Arquivo pessoal.

Um servidor da escola municipal Criança Feliz, localizada no bairro União, zona Oeste de Boa Vista, que preferiu não se identificar, procurou o Roraima 1 neste sábado (10), para reclamar da condições insalubres e da falta de infraestrutura na unidade de ensino.

Segundo ele, a unidade tem vazamentos no telhado e infiltrações, causadas pelas fortes chuvas e vários outros problemas como mofo nas sala de aula, falhas na fiação elétrica e o mau  funcionamento das centrais de ar. Ele estima que a situação já dure mais de três anos.

“Esse ano o forro do pátio da escola caiu. É um prédio antigo. Acredito que por se tratar de educação infantil, a escola deveria ser mais bem conservada. Está totalmente inadequada e nunca foi feita uma reforma”, disse.

O servidor afirmou ainda, que a atual gestora da unidade e até mesmo as anteriores, já solicitaram a reforma da prefeitura, mas nada foi feitos até o momento.

Em um vídeo enviado à reportagem, é possível ver o momento exato em que uma sala começa a ficar alagada por conta dos vazamentos no telhado, durante uma forte chuva registrada nessa sexta-feira (9).

Nas redes sociais, a mãe de aluno que estuda na escola, compartilhou um texto expondo os problemas da unidade e solicitando providências da prefeita Teresa Surita (MDB), que segundo ela precisa de reforma o mais urgente possível.

“Eu gostaria muito que a prefeita ou até mesmo o Ministério Público  fosse fazer uma visita àquela escola para pessoalmente avaliar se é seguro manter essa escola em funcionamento”, declarou a mães em um trecho da publicação.

A reportagem entrou em contato com a prefeitura de Boa Vista, mas até publicação desta matéria não obteve resposta.

Parte do forro do pátio da escola desabou. Foto: Arquivo pessoal.

Comentários no Facebook