Foto: Secom RR

Após sete meses de suspensão do concurso da Polícia Militar de Roraima, por falta de recursos públicos, segundo o governo, o governador do estado, Antônio Denarium (PSL) retomou nesta quinta-feira (10) o cronograma de avaliações para as próximas etapas para os aprovados na primeira fase.

O anúncio, que reuniu mais de 300 pessoas no Salão Nobre do Palácio Senador Hélio Campos, foi feito pelo governador, acompanhado por representantes da Segurança Pública, deputados e o reitor da UERR, Régys Freitas, que é a instituição responsável pelo concurso público.

Na próxima quinta-feira, dia 12 de setembro será publicado o edital que vai convocar os aprovados para a realização de exames médicos, odontológicos e toxicológicos, mas os exames devem ser feitos nos dias 12, 13, 19 e 20 de outubro.

Seguindo o cronograma, no dia 29 de novembro será publicado o edital de convocação para o exame de aptidão física. Os testes iniciam em 3 de fevereiro de 2020 e a Procuradoria Geral do Estado estuda a possibilidade de aumentar o cadastro reserva.

O Concurso 

As provas do Concurso da Polícia Militar de Roraima foram realizadas em dezembro de 2018, época onde o governador já era o interventor federal, nomeado pelo então presidente Temer.

Em fevereiro deste ano, o vice-governador, Frutuoso Lins, anunciou que não havia recursos públicos suficientemente para convocar novos servidores, o que gerou uma onda de protestos por parte dos concurseiros. Muitos montaram acampamento na frente do Palácio Senador Hélio Campos e a situação foi mediada pela Assembleia Legislativa de Roraima. 

Comentários no Facebook