Foto: Divulgação/Secom-RR

A revista Veja anunciou agora a pouco que o presidente da República, Jair Bolsonaro, resolveu deixar o PSL, partido pelo qual o presidente foi eleito, ano passado. Após um desgaste com a cúpula da sigla, Bolsonaro teria optado por não integrar mais os quadros do partido.

O presidente do partido, Deputado Luciano Bivar, disse em entrevista ao grupo Globo que a declaração feita por Bolsonaro, onde disse a um seguidor para “esquecer o partido”, foi terminal. “A fala dele foi terminal, ele já está afastado. Não disse para esquecer o partido? Está esquecido”, declarou Bivar.

O PSL também é o partido do governador Antônio Denarium. Não se sabe como a mudança de sigla pode interferir na relação entre o governador e o presidente.

Comentários no Facebook