Réu estava em regime semiaberto quando matou os dois primos. Atualmente ele está preso na Cadeia Pública, em Boa Vista. Foto: Arquivo/Roraima 1

O Ministério Público de Roraima (MPRR) pediu à Justiça a condenação do médico Damião Edme Diniz, de 47 anos. Ele está preso desde o dia 31 de outubro por suspeita de estuprar três meninas, com idades de 13 e 14 anos, amigas da filha. A informação foi noticiada na tarde desta segunda-feira (11), no portal de notícias G1 Roraima.

Segundo as informações, a Promotoria pediu a condenação do médico por estupro, estupro de vulnerável e envio de foto pornográfica para menor de idade. A reportagem do Roraima 1 solicitou o pedido de condenação da assessoria de comunicação do MP de Roraima, mas ainda não obteve retorno.

Além disso, o MP de Roraima pediu que o suspeito seja transferido do Comando de Policiamento da Capital (CPC) para a Cadeia Pública de Boa Vista. O pedido de transferência é a presença dele nas proximidades da escola onde as vítimas estudam. ‘As vítimas relataram medo de Damião’, disse o promotor, no pedido protocolado em 8 de novembro.

Entenda o caso
O médico foi preso por agentes do Núcleo de Proteção a Criança e Adolescente (NPCA) da Polícia Civil mediante mandado de prisão expedido pela Justiça. Com ele foram apreendidos um notebook e um celular contendo arquivos suspeitos que serão analisados pela perícia.

Segundo a delegada titular do NPCA, Jaira farias, a investigação teve início após a mãe de uma das vítimas, uma garota de 14 anos amiga da filha do acusado, informar o caso à polícia em setembro deste ano.

Na época a mãe relatou que o médico havia adicionado a menina no Instagram e passou a conversar com ela e o assunto passou ter conotação sexual, tanto, que ele chegou a mandar uma foto de próprio pênis para a adolescente.

Após o início das investigações, a polícia identificou outras duas vítimas, também amigas da filha do médico. Conforme a delegada, o acusado as abraçava de forma maliciosa, passando as mãos nos seios delas.

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here