Edil Miranda foi internado sábado (28) no HGR após apresentar dificuldade respiratória Foto: Reprodução

O Distrito de Saúde Especial Indígena (Dsei) Leste divulgou nota na noite desta sexta-feira (3) lamentando a morte de Edil Castro Miranda, de 60 anos, ocorrida à tarde no Hospital Geral de Roraima (HGR). Ele estava infectado pelo coronavírus e havia sido internado no sábado (28).

Trata-se da primeira morte em Roraima causada pela covid-19. Edil trabalhava no setor de transportes do Dsei Leste e estava na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), para onde foi levado após passar mal em casa e apresentar dificuldade respiratória.

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (Sesau), o paciente tinha comorbidades associadas, como diabetes e hipertensão. Ele estava sendo tratado com os medicamentos cloroquina e azitromicina, mas não houve resposta positiva.

Veja íntegra da nota do Dsei Leste:

“É com muito pesar que o Distrito de Saúde Especial Indígena (Dsei ) Leste lamenta o falecimento do colaborador Edil Castro Miranda na tarde desta sexta-feira, 3 de março.

Edil era colaborador na área de transporte e prestava um grande serviço à comunidade indígena.

O Dsei lamenta a perda inestimável deste grande guerreiro e presta solidariedade aos seus familiares nesse momento tão delicado.”

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here