Cidade autorizou retorno em decreto publicado nesta segunda-feira (3) - Foto: Google Maps

A prefeitura de São João da Baliza, ao Sul de Roraima, autorizou a volta do funcionamento de igrejas e templos religiosos no municípios, mas com restrições em razão da pandemia de coronavírus. O decretos foi publicado nesta segunda-feira (3), no Diário Oficial dos Municípios de Roraima.

De acordo com o documento, s igrejas, templos religiosos e afins tem autorização para permanecerem abertos, mas fica proibida entrada de pessoas integrantes do grupo de risco como idosos, hipertensos, diabéticos, gestantes e imunodeprimidos ou portadores de doenças crônicas.

Os fiéis deverão ficar a 1,5 metro de distância uns dos outros e lotação máxima autorizada será 30% (trinta por cento) da capacidade do templo ou igreja. O templo também deverá disponibilizar álcool gel para uso das pessoas na entrada e todos deverão usar máscara, descartável ou de tecido.

Nos cultos em que houver a celebração de ceia, com partilha de pão e vinho, ou celebração de comunhão, os elementos somente poderão ser partilhados se estiverem pré-embalados para uso pessoal.

São João da Baliza é a terceira cidade do estado a autorizar a retomada de celebrações religiosas de forma presencial. Antes, Boa Vista e Caracaraí já haviam adotado medidas semelhantes. De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde (Sesau), o município já registrou 700 casos confirmados de coronavírus e três mortes causadas pela doença.

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here